Património

Capitel em basalto

LocalLisboa / Lisboa
OrigemLisboa / Santa Apolnia
Entidade TitularMuseu Arqueolgico do Carmo (Esc. 67)
DesignaçãoCapitel em basalto
CronologiaFinais séc. XII – inícios séc. XIII
Dimensões29 cm altura e 28 cm largura
DescriçãoCapitel de basalto, apresentando linhas sóbrias e proporções equilibradas, integrável no grupo de produções almóadas de tipo corintizante. Possui cálatos de perfil cilíndrico, com duas filhas de folhas de acanto lisas, sulcadas por incisão central e dispostas de forma contrapeada, sendo a parte superior de cada folha arredondada, projectando a sua ligeira curvatura em sentido descendente. "O ábaco, de altura reduzida, mostra planta em cruz com braços curvos, inscrita num quadrado. Desenvolve-se num só piso: as volutas nascem de duas palmas, a partir da fiada superior das folhas do cesto e enrolam-se em espiral, assentando sobre as folhas de acanto angulares. A partir da folha que medeia entre as duas volutas, da mesma segunda fiada, o suposto caulículo rasga-se em V, desdobrando-se em duas abas losangulares, sob as quais se desenvolvem duas outras, simétricas, em forma de crescentes, que tocam o limbo das folhas-volutas. O espaço triangulado deixado visível pelo rasgamento, apresenta-se liso e é imediatamente encimado pela cruz do ábaco. Corresponde a uma outra palma, de folha única, que não conhecerá evolução no conjunto do ábaco." (Fernandes, 2005, p. 297). Encontrado em Santa Apolónia, em 1870. Morfologicamente próximo de um capitel do séc. XII-III patente no Museu de Alhambra, e de um outro, embora em mármore branco, conservado no Museu Arqueológico e Etnológico também de Granada. Tal permite supor que este capitel seja uma pela almóada originária de oficina granadina.
BibliografiaCláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, p. 100; Patrice Cressier, "Chapiteaux islamiques du Portugal (Traditions, créations, importations)", Muçulmanos e cristãos entre o Tejo e o Douro (Sécs. VIII-XIII), Palmela, Porto, Câmara Municipal de Palmela, Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2002, p. 182; José Morais Arnault, "Capitel. Gabro (?)", Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 74; Isabel Cristina Ferreira Fernandes, "Capitel", Construindo a Memória. As Colecções do Museu Arqueológico do Carmo, Lisboa, Associação dos Arqueólogos Portugueses, 2005, p. 297.
Categoria(s)Arqueologia
ComentariosOrigem da imagem: Cláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, p. 100;
Images