Património

Lápide funerária de al-cAbbās Ahmad

LocalLisboa / Lisboa
OrigemLisboa
Entidade TitularMuseu da Cidade (MC.ARQ.PDF/62/1 EA)
DesignaçãoLápide funerária de al-cAbbās Ahmad
Cronologia800 H. / 1398 d.C.
Dimensões70 cm altura; 46 cm comprimento; 18 cm profundidade
DescriçãoLápide funerária em pedra de lioz, encontrada na Praça da Figueira aquando das obras do Metropolitano de Lisboa, no início dos anos 60. Inscreve-se na tradição de lápides decoradas com arco simbólico. Este arco é de volta perfeita, decorado com pequenos lóbulos duplos. A lápide é ainda emoldurada por uma faixa epigrafada a toda a volta, excepto na parte inferior. Apresenta uma inscrição em cursivo elegante e bem paginado, a qual se estende pela faixa circundante. Tradução da inscrição: “Em nome de Deus, o Clemente, o Misericordioso. Este é o sepulcro de Al-'Abbās Ahmad ibn [… morreu] na segunda-feira, primeira de Shawwāl do ano oitocentos. Que Deus tenha compaixão dele". A data corresponde a 17 de Junho de 1398. O aparecimento desta lápide na Praça da Figueira justifica-se pelo facto de, em 1497, D. Manuel ter doado ao município de Lisboa o terreno do almocávar da Mouraria de Lisboa (perto da Rua das Olarias e da Calçada do Monte) para ser transformado em rossio, tendo as cabeceiras dos jazigos sido doadas pelo rei para a construção do Hospital de Todos-os-Santos. Este é um dos raros epitáfios muçulmanos portugueses do séc. XIV conhecidos.
BibliografiaCláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, p. 102; Mário Jorge Barroca, Epigrafia Medieval Portuguesa (862-1422), vol. III, Lisboa, FCG, FCT, 2000, p. 71; Artur Goulart de Melo Borges "Lápide funerária de al-cAbbās Ahmad. Calcário", Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 255; Ana Cristina Leite, "Lápide funerária", Lisboa Subterrânea. Museu Nacional de Arqueologia. Catálogo, Lisboa, Milão, Lisboa 94, Electa, 1994, p. 239; Irisalva Moita, "Lápide funerária proveniente dum almocávar de Lisboa", Revista Municipal, 28 (114-115), 1967, pp. 81-86.
Categoria(s)Arqueologia
ComentariosOrigem da imagem: Cláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, p. 102;
Images