Património

Igreja de São Gião

LocalNazar / Famalico
DesignaçãoIgreja de São Gião
CronologiaSéc. VII? Ou X?
DescriçãoExiste uma controvérsia na historiografia sobre a origem desta igreja. Segundo Eduíno Garcia e Helmut Schlunk, é um templo de fundação visigótica (c. séc. VII), dado o tipo de decoração das impostas e frisos e as dimensões dos espaços, comuns a outras igrejas visigóticas. Contudo, Ferreira de Almeida apontou uma origem mais tardia, sustentando-se em elementos comuns a igrejas moçárabes, como a influência da arte cordovesa no dintel da entrada principal, resguardado por um arco superior de descarga, ou os arcos peraltados, os capitéis e o uso de motivos decorativos como palmetas e folhas de acanto.
BibliografiaCláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, p. 64; Manuel Luís Real, "Inovação e resistência: dados recentes sobre a antiguidade cristã no Ocidente Peninsular", IV Reunió D'Arqueologia Cristiana Hispànica, Barcelona, Institut d'Estudis Catalans, 1995, pp. 62-63; Eduíno Borges Garcia, "Um templo visigótico em S. Gião (Famalicão da Nazaré) – Estremadura", Arqueologia e História, vol. VII, Lisboa, 1966; Helmut Schlunk, "La Iglesia de S. Gião, cerca de Nazaré", Actas do 2º Congresso Nacional de Arqueologia, Coimbra, 1971; Carlos Alberto Ferreira de Almeida, História da Arte em Portugal, vol. 2, Lisboa, Alfa, 1986, pp. 136-140; Luís Caballero Zoreda, “Arqueología de la Arquitectura. Conocimiento e intervención”, Revista Estudos / Património, n.º 9, 2006, pp. 33-43; Luís Fernando de Oliveira Fontes, “Experiências portuguesas em Arqueologia da Arquitectura”, Revista Estudos / Património, n.º 9, 2006, pp. 44-55.
Linkshttp://www.igespar.pt/pt/patrimonio/pesquisa/geral/patrimonioimovel/detail/70376/
http://www.monumentos.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=3275

Categoria(s)Arquitetura
Images