Património

Lápide funerária de uma dama nobre

LocalBeja / Beja
OrigemBeja
Entidade TitularMuseu Regional Rainha D. Leonor, Beja
DesignaçãoLápide funerária de uma dama nobre
Cronologia487 H / 1094 d. C.
Dimensões34,5 altura; 25,5 comprimento; 6 cm profundidade
DescriçãoFragmento de lápide funerária em mármore, encontrada em Beja, em local não identificado. Assinala a morte de uma senhora de famílias aristocráticas, provavelmente da antiga estirpe omíada. Da inscrição, apenas restam as últimas sete linhas, escritas em cúfico simples em relevo. Tradução da inscrição: “[...] ibn […], al-Umawī, Deus tenha compaixão dela. Morreu na madrugada de Sábado, último dia de Jumāda I do ano de quatrocentos e oitenta e sete" ( 17 de Junho de 1094). Artur Goulart de Melo Borges leu a data da lápide como sendo o ano 487 H., enquanto que Labarta e Barceló interpretaram-na como 484.
BibliografiaCláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, p. 149; Mário Jorge Barroca, Epigrafia Medieval Portuguesa (862-1422), vol. III, Lisboa, FCG, FCT, 2000, pp. 58-59; Artur Goulart de Melo Borges, "Lápide funerária de uma dama nobre. Mármore", Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 241; Ana Labarta e Carmen Barceló, "Inscripciones Árabes Portuguesas: Situación Actual", Al-Qantara, vol. VIII, Madrid, 1987, p. 402; Artur Goulart de Melo Borges "As Inscrições Lapidares Árabes do Museu de Beja", Arqueologia, n.º 20, 1989, pp. 99-100.
Categoria(s)Arqueologia
ComentariosOrigem da imagem; Artur Goulart de Melo Borges, "Lápide funerária de uma dama nobre. Mármore", Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 241
Images