Património

Lápide funerária de Muhammad ibn Mufarrij ibn Hūd

LocalBeja / Beja
OrigemBeja
Entidade TitularMuseu Regional Rainha D. Leonor, Beja
DesignaçãoLápide funerária de Muhammad ibn Mufarrij ibn Hūd
Cronologia531 H. / 1136 d.C.
Dimensões45 cm altura; 35 cm comprimento; 11 cm profundidade.
DescriçãoParte superior de lápide funerária em mármore da época paleocristã, reutilizada na outra face para a inscrição árabe. Foi encontrada em 1896, integrando os alicerces do dormitório novo do Convento da Conceição e foi recolhida em Maio de 1896. A inscrição apresenta sete linhas de caracteres cúficos simples em relevo, separadas por estreitas faixas também relevadas, uma característica comum a outras lápides coevas de oficina bejense. Tradução da inscrição: "[Em nome] de Deus, o Clemente, [o Misericordioso]. Abençoe Deus a Muhammad. Este é o sepulcro de Muhammad ibn Mufarrij ibn Hūd - Deus tenha compaixão dele -. Morreu no domingo de Rabī' I no ano de quinhentos e trinta e um." (19 Novembro 1136)
BibliografiaCláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, p. 149; Mário Jorge Barroca, Epigrafia Medieval Portuguesa (862-1422), vol. III, Lisboa, FCG, FCT, 2000, p. 65; Artur Goulart de Melo Borges, "Lápide funerária de Muhammad ibn Mufarrij ibn Hūd. Mármore", Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 246; Ana Labarta e Carmen Barceló, "Inscripciones Árabes Portuguesas: Situación Actual", Al-Qantara, vol. VIII, Madrid, 1987, pp. 401-402; Artur Goulart de Melo Borges "As Inscrições Lapidares Árabes do Museu de Beja", Arqueologia, n.º 20, 1989, pp. 105-107; A. R. Nykl, "Arabic Inscriptions in Portugal", Ars Islamica, 11-12, 1946, pp. 180-181.
Categoria(s)Arqueologia
ComentariosOrigem da imagem: Cláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, p. 149;
Images