Património

Tigela com decoração em "corda seca"

LocalMrtola / Mrtola
OrigemMrtola
Entidade TitularMuseu de Mrtola (CR/CS/0113)
DesignaçãoTigela com decoração em "corda seca"
Cronologia2ª metade séc. XII
Dimensões8,5 cm altura, 29, 2 cm diâmetro boca; 11 cm diâmetro base
DescriçãoTigela de cerâmica de pasta amarelada e com vidrado monocromo melado. Tem o bordo vertical curvo com lábio triangular, corpo hemisférico e base levemente convexa. O interior é decorado com um friso de pequenas rosetas estampilhadas e com a técnica da corda seca total, em que as cores branca, verde, manganés e melada do vidrado encontram-se separadas por traços de manganés. O motivo decorativo principal é uma árvore da vida formada por três flores de lótus. Na forma e na técnica decorativa tem paralelos com cerâmica encontrada em Almeria e Málaga, tendo sido, possivelmente, importada dessa região. Foi encontrada nas escavações na alcáçova do castelo de Mértola.
BibliografiaSusana Gómez Martínez, "Tigela", in Discover Islamic Art. Place: Museum With No Frontiers, 2014; Idem, “Catálogo da cerâmica", Museu de Mértola. Arte, Métola, 2001, p. 127; Idem e Cláudio Torres, "Le vert et brun au Portugal", Le Vert et le Brun de Kairouan à Avignon, céramiques du Xe au Xve siécle. Catalogue de la exposition, Marseille, 1995, pp. 98-102; E. Gribe, Islamic Pottery of the Eighth to the Fifteenth Century in the Keir Collection, Londres, 1976, n.º 15; Cláudio Torres, "Um lote cerâmico da Mértola Islâmica", I Congresso de Arqueologia Medieval Española, t. IV, Zaragoza, 1986, pp. 193-228.
Linkshttp://www.discoverislamicart.org/database_item.php?id=object;ISL;pt;Mus01;4;pt


Categoria(s)Arqueologia Utensílios
ComentariosOrigem da imagem: “Catálogo da cerâmica", Museu de Mértola. Arte, Métola, 2001, p. 127;
Images