Património

Braseiro em cerâmica, decorado com excisões verticais

LocalMrtola / Mrtola
OrigemMrtola
Entidade TitularMuseu de Mrtola (CR/CC/0121)
DesignaçãoBraseiro em cerâmica, decorado com excisões verticais
Cronologia2ª metade séc. XII – 1ª metade séc. XIII
Dimensões15,5 cm altura; 35 cm largura máxima
DescriçãoBraseiro em cerâmica, fabricado com uma pasta pouco decantada e com um elevado número de elementos não plásticos de grandes dimensões. Tal característica deve-se à função da peça: os elementos não plásticos permitem uma maior resistência aos efeitos do fogo. Também devido aos atributos da pasta, esta peça foi fabricada com torno lento (ou tornete), ao contrário do torno rápido normalmente usado na cerâmica almóada mas que, se usado numa pasta tão pouco depurada, arriscaria lesar as mãos do oleiro. O braseiro apresenta uma boca larga, bor extrovertido com lábio quadrangular, corpo troncocónico invertido, base plana e duas pegas horizontais junto ao bordo. É decorado com excisões verticais de secção triangular na face exterior. Esta peça foi encontrada nas escavações na alcáçova do Castelo de Mértola.
BibliografiaSusana Gómez Martínez, “Catálogo da cerâmica", Museu de Mértola. Arte Islâmica, Mértola, Campo Arqueológico de Mértola, 2001, pp. 140-141.
Categoria(s)Utensílios
ComentariosOrigem da Imagem: Susana Gómez Martínez, “Catálogo da cerâmica", Museu de Mértola. Arte Islâmica, Mértola, Campo Arqueológico de Mértola, 2001, pp. 140-141.
Images