Património

Fanal em cerâmica

LocalMrtola / Mrtola
OrigemMrtola
Entidade TitularMuseu de Mrtola (CR/CF/0043)
DesignaçãoFanal em cerâmica
CronologiaPrimeiras décadas séc. XIII
Dimensões18,2 cm altura; 16,2 cm diâmetro máximo; 12,7 cm diâmetro base
DescriçãoFanal em cerâmica comum, fabricado com pasta avermelhada compacta. Tem uma câmara uma forma semi-esférica com uma abertura frontal ovalada, base levemente convexa e asa zenital de secção oval fixa na parte superior da peça. No interior, ergue-se um apêndice cónico com marcas de fogo na extremidade. A peça é decorada com um cordão digitado que se combina com sequências de linhas onduladas incisas. A asa apresenta uma ténue pintura branca. Este utensílio poderia ser usado para queimar no seu interior ervas ou outras matérias odoríficas, ou simplesmente para iluminar espaços abertos, enroscando-se uma vela no apêndice interior, dado que a sua forma permitiria proteger a chama do vento e a asa tornava-o facilmente portátil. Foi encontrado nas escavações no bairro almóada da alcáçova do castelo de Mértola. Tem paralelos em utensílios encontrados no Castelo de Jijona, em Alicante.
BibliografiaSusana Gómez Martínez, "Fanal", in Discover Islamic Art. Place: Museum With No Frontiers, 2014; Idem, “Catálogo da cerâmica", Museu de Mértola. Arte Islâmica, Mértola, Campo Arqueológico de Mértola, 2001, p. 130; Idem, "Mértola e as rotas comerciais do Mediterrâneo no Período Islâmico", Arqueologia Medieval, n.º 11, 2010, p. 54.
Linkshttp://www.discoverislamicart.org/database_item.php?id=object;ISL;pt;Mus01;1;pt

Categoria(s)Iluminação Utensílios
Comentarios Origem da imagem: “Catálogo da cerâmica", Museu de Mértola. Arte Islâmica, Mértola, Campo Arqueológico de Mértola, 2001, p. 130;
Images