Património

Tigela com cena de caça (verde e manganês)

LocalMrtola / Mrtola
OrigemMrtola
Entidade TitularMuseu de Mrtola (CR/VM/0001)
DesignaçãoTigela com cena de caça (verde e manganês)
CronologiaSéc. XI
Dimensões13,5 cm altura; 39 cm diâmetro máximo; 13,6 cm diâmetro base
DescriçãoTigela de cerâmica, fabricada com pasta amarelada pouco compacta. Apresenta um bordo extrovertido com pequena aba horizontal, corpo hemisférico e base convexa com pé anelar alto. Revestida com vidrado quase transparente na face exterior e decorado com com vidrado polícromo em branco, verde, manganés e amarelo na face interior. O motivo decorativo central retrata uma cena de caça, na qual um galgo e um falcão atacam em simultâneo uma gazela. Encontrada nas escavações na alcáçova do castelo de Mértola. A sua origem divide opiniões. A decoração é similar a peças oriundas de vários pontos do Mediterrâneo Ocidental, como Denia, Mallorca, Cartagena, Pisa ou Kairowan. Contudo, a análise da pasta aponta para uma possível procedência do sul da Península Ibérica.
BibliografiaCláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, pp. 160-161; Susana Gómez Martínez, "Tigela" in Discover Islamic Art. Place: Museum With No Frontiers, 2014; Idem, "Tigela com cena de caça. Cerâmica", Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 100; Idem, "Catálogo da cerâmica", Museu de Mértola. Arte Islâmica, Mértola, pp. 108-109; Cláudio Torres, Cerâmica Islâmica Portuguesa. Catálogo, Mértola, Campo Arqueológico de Mértola, 1987, n.º 79; Susana Gómez Martínez, "La cerámica de verde y morado de Mértola", Arqueologia Medieval, 3, 1994, p. 130; Idem e Cláudio Torres, "Le vert et le brun au Portugal", Le Vert et le Brun de Kairouan à Avignon, céramiques du Xe au XVe siècle. Catalogue de la exposition, Marseille, 1995, p. 102;
Linkshttp://www.discoverislamicart.org/database_item.php?id=object;ISL;pt;Mus01;10;pt


Categoria(s)Arqueologia Utensílios
ComentariosOrigem da imagem: Cláudio Torres e Santiago Macias, O legado islâmico em Portugal, Lisboa, Círculo de Leitores, 1998, pp. 160-161;
Images