Património

Lápide funerária de Abū al-Walid Ismācil Ibn Abī cAbd Allāh al-Ansārī

LocalMoura / Moura
OrigemMoura
Entidade TitularMuseu Municipal de Moura (n.º 221 / EPI 11)
DesignaçãoLápide funerária de Abū al-Walid Ismācil Ibn Abī cAbd Allāh al-Ansārī
Cronologia769 H. / 1368 d. C.
Dimensões40 cm altura; 45 cm comprimento; 7 cm profundidade
DescriçãoLápide funerária em mármore, fracturada no canto superior esquerdo. A inscrição desenvolve-se em cinco linhas de escrita cursiva em relevo, pouco elegante e com uma paginação irregular. Segundo Borges e Macias, esta é uma das poucas inscrições árabes conhecidas do séc. XIV e revela a importância da comunidade mourisca de Moura. Tradução da inscrição: "Morreu [...] Abū al-Walid Ismācil Ibn Abī cAbd Allāh al-Ansārī em dezassete de Shacbān de 769". Trata-se do epitáfio de um indivíduo de origem nobre, como indicia a nisba "al-Ansārī". Esta lápide foi encontrada nas imediações do sítio identificado como sendo a maqbara (cemitério islâmico) de Moura.
BibliografiaMário Jorge Barroca, Epigrafia Medieval Portuguesa (862-1422), vol. III, Lisboa, FCG, FCT, 2000, p. 70; Artur Goulart de Melo Borges "Lápide funerária de Abū al-Walid Ismācil Ibn Abī cAbd Allāh al-Ansārī. Mármore", Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 254; Santiago Macias, "Moura na Baixa Idade Média: elementos para um estudo histórico e arqueológico", Arqueologia Medieval, 2, 1993, pp. 131-132, 139; Artur Goulart de Melo Borges e Santiago Macias, “Almocavar de Moura. Localização e Epigrafia”, Arqueologia Medieval, 1, 1992, pp. 68-69.
Categoria(s)Arqueologia
ComentariosOrigem da imagem: Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 254
Images