Património

Castelo de Santiago do Cacém

LocalSantiago do Cacm / Santiago do Cacm
DesignaçãoCastelo de Santiago do Cacém
CronologiaAntes séc. XII
DescriçãoConstruído durante a ocupação muçulmana, foi tomado pelos Templários em 1157 e reconquistado pelos mouros em 1185. Em 1186, era novamente tomado pelo exército cristão. Porém, em 1191, passaria para a égide do califado almóada. Em 1217, deu-se a derradeira conquista cristã e a doação à Ordem de Santiago por D. Afonso II. O castelo desenvolve-se num paralelograma de 190 m de comprimento, com 10 torres a reforçar as cortinas, nomeadamente quatro cubelos quadrangulares, cinco circulares (uma inovação para a arquitectura militar da época) e uma torre barbacã baixa. Nas faces internas da torre barbacã e das muralhas correm os respectivos adarves, protegidos por merlões paralelepipédicos, alternadamente vazados por pequenas seteiras. Os cubelos apresentam terraços. A Este encontram-se as ruínas da alcáçova, de planta trapezoidal irregular e com um pátio central com cisterna quadrangular.
BibliografiaMário Jorge Barroca, "Castelos românicos portugueses (séc. XII e XIII)", Românico em Portugal e na Galiza, catálogo de exposição, Lisboa, 2001, pp. 88-111; Carlos Sobral e José Matias, Património edificado de Santiago do Cacém – Breve inventário, Santiago do Cacém, 2001; José António Ferreira de Almeida, "Santiago do Cacém", Tesouros Artísticos, Lisboa, 1976; António de Macedo e Moreira, “O Castelo de Santiago do Cacém”, Panorama, 1943, p. 121.
Linkshttp://igespar.pt/pt/patrimonio/pesquisa/geral/patrimonioimovel/detail/70441/
http://igespar.pt/pt/patrimonio/pesquisa/geral/patrimonioimovel/detail/72809/
http://www.monumentos.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=3428


Categoria(s)Arquitetura
ComentariosOrigem da imagem: https://en.wikipedia.org/wiki/Castelo_de_Santiago_do_Cac%C3%A9m
Images