Património

Tabuleiro de Jogo do Alquerque e Jogo do Moinho

LocalAlcoutim / Alcoutim
OrigemAlcoutim / Cerro de Santa Bárbara
Entidade TitularNúcleo Museológico de Arqueologia de Alcoutim (MA-189)
DesignaçãoTabuleiro de Jogo do Alquerque e Jogo do Moinho
CronologiaPeríodo Islâmico
Dimensões25,5 x 16,8 x 3,1 cm
DescriçãoLápide de xisto com linhas incisas em ambas as faces. Uma das faces serviria de base ao Jogo do Alquerque, enquanto que a outra estava destinada à prática do Jogo do Moinho. O Jogo do Alquerque tem origens no Antigo Egipto e aparece mencionado no livro Kitab al-Aghani, no qual é designado com o nome de El-Quirkat, vocábulo do qual derivou a palavra "Alquerque". Quanto ao Jogo do Moinho, a sua introdução na Europa é controversa: alguns autores atribuem a responsabilidade aos Gregos ou aos Fenícios, enquanto que outros atribuem-na aos povos árabes do Norte de África. Este tabuleiro foi encontrado nas escavações no Castelo Velho de Alcoutim e integra a maior e mais variada colecção de tabuleiros de jogo de cronologia islâmica de que se tem conhecimento em Portugal.
BibliografiaHelena Catarino, Manuela Teixeira e Fernando Dias, Jogos Intemporais: tabuleiros e pedras de jogo do Castelo Velho de Alcoutim. Guia da exposição, Alcoutim, Câmara Municipal de Alcoutim, 2011, pp. 10-11, 20-21, 24.
Categoria(s)Recreio e jogos Arqueologia
Comentariosorigem da imagem. Helena Catarino, Manuela Teixeira e Fernando Dias, Jogos Intemporais: tabuleiros e pedras de jogo do Castelo Velho de Alcoutim. Guia da exposição, Alcoutim, Câmara Municipal de Alcoutim, 2011, pp. 10-11, 20-21, 24.
Images