Património

Lápide funerária de Ibn Mūsā

LocalBarrancos / Barrancos
OrigemNoudar
Entidade TitularMuseu Municipal de Barrancos (?)
DesignaçãoLápide funerária de Ibn Mūsā
CronologiaSéc. XI
Dimensões25 cm altura; 21 cm largura; 5 cm espessura
DescriçãoFragmento da parte superior de uma lápide funerária em xisto. São visíveis as primeiras quatro linhas da inscrição em caracteres cúficos simples incisos. Tradução: "[Em nome de Deus, o Clemente, o] Misericordioso. Abençoe Deus a Muhammad. [...] Ibn Mūsā Ibn [...]". Esta lápide foi encontrada em 1984, durante a remoção de entulhos numa zona habitacional do período islâmico, junto à Capela de Nossa Senhora do Desterro.
BibliografiaMário Jorge Barroca, Epigrafia Medieval Portuguesa (862-1422), vol. III, Lisboa, FCG, FCT, 2000, p. 62; Artur Goulart de Melo Borges, "Lápide funerária de Ibn Mūsā. Xisto", Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 242; Miguel Rego, “A ocupação islâmica de Noudar", Arqueologia Medieval, n.º 8, 2003, p. 78; Artur Goulart de Melo Borges, "Inscrições árabes de Noudar", Arqueologia Medieval, 2, 1993, pp. 216-217; Encontros em Barrancos, Barrancos, 1993, n.º1.
Categoria(s)Arqueologia
Comentarios Origem da imagem: Portugal Islâmico. Os últimos sinais do Mediterrâneo. Catálogo de exposição, Lisboa, IPM, MNA, 1998, p. 242;
Images